Views
11 months ago

f+h intralogistica 3/2015 (PT)

  • Text
  • Sistema
  • Sistemas
  • Empresa
  • Produtos
  • Carga
  • Clientes
  • Forma
  • Cliente
  • Guindastes
  • Transporte
f+h intralogistica 3/2015 (PT)

FLUXO DE MATERIAIS

FLUXO DE MATERIAIS Eisenmann amplia seu potencial de aplicação de sistemas de fluxo de materiais Segundo a premissa “a forma segue a função”, associada a arquitetura e design industrial, a forma do produto deve ser baseada em sua finalidade. Este princípio também pode ser aplicado na concepção de tecnologia de movimentação de carga em superfície bem como para sistemas de transporte não tripulados. No entanto, o uso de sistemas de transporte convencionais não tripulados frequentemente é restrito, por exemplo, em áreas sujeitas a explosão ou que apresentam espaço reduzido. Em alguns casos, determinados componentes são instalados nos veículos de forma economicamente desfavorável, prejudicando a flexibilidade e a liberdade de movimento dos veículos, em outros, requisitos especiais, tais como a proteção Ex, foram simplesmente omitidos na concepção do projeto. Reagindo a essas restrições, a empresa Eisenmann desenvolveu o “Logimover”, um sistema de transporte automatizado que funciona com dois patins, e a transferência de dados e energia sem contato, como variante de acionamento para seus sistemas de trilhos suspensos ou de superfície. Estas soluções abrem novos horizontes na automação de processos de fluxo de materiais. A pedido de um produtor chinês de tabaco e em nome da empresa operadora, a Eisenmann equipou seu sistema de transporte sobre dois trilhos existente com a tecnologia de acionamento e transferência de eletricidade e dados sem contato (Figura 01). Considerando o surgimento frequente de substâncias explosivas no processamento do tabaco, o objetivo consistia em evitar, com segurança, a formação de faíscas durante a operação. Ao contrário da variante convencional com linha condutora, na transmissão de eletricidade e de dados sem contato não há atrito mecânico nem uso de áreas de contato galvânicas. Os veículos do sistema de dois trilhos de superfície permitem aceleração de 0,8 m/s, atingem uma velocidade de 3m/s e transportam cargas de até 1,5 toneladas de peso. Os chassis são equipados com comando próprio, a movimentação sobre o sistema de trilhos é totalmente automatizada e os pedidos são processados de forma autônoma. A regulagem inteligente da distância garante um fluxo dinâmico de materiais, com capacidade de entrada e saída no armazém de estantes altas de mais de 450 paletes por hora. Sua construção baixa permite um ponto de transferência de carga de altura reduzida, de 500 mm. O sistema de trilhos ocupa pouco espaço com reduzida carga por unidade de superfície. O sistema de transferência sem contato pode ser utilizado não apenas em áreas sujeitas a risco de explosão, mas também no setor farmacêutico, em salas limpas e em áreas refrigeradas. O “garfo sem empilhadeira” O sistema de transporte automatizado sobre dois patins “Logimover” do fabricante amplia a área de aplicação da transferência de dados sem contato em veículos industriais. O veículo integra todos os componentes de acionamento bem como a ali- Alternativa para a linha condutora

FLUXO DE MATERIAIS 01 Sistemas de transmissão de energia e dados sem contato evitam a formação de faíscas em sistemas de transporte sobre trilhos mentação elétrica em dois patins paralelos sem qualquer ligação física. Desta forma, os paletes podem ser levantados do chão sem a interferência de quaisquer dispositivos de levantamento de carga. Graças à construção compacta e à excelente mobilidade do sistema, as manobras em espaços reduzidos não oferecem qualquer problema. Dando continuidade ao lançamento do modelo piloto há aproximadamente um ano, a Eisenmann aperfeiçoou o desenvolvimento técnico do “Logimover”. O veículo industrial atualmente é equipado com um sistema hidráulico de elevação mais poderoso e uma proteção contra colisão integrada. Além disso, o veículo pode ser operado de forma totalmente automática ou mediante um comando manual de controle intuitivo (Figura 02). Outra inovação é a operação lógica master/slave dos dois patins: Enquanto o patim mestre se comunica com o computador central ou com o controle manual, o escravo acompanha o patim mestre. A colagem de apenas um trilho é suficiente para conduzir os dois patins de forma sincronizada. A uma velocidade de deslocamento de 1 m/s, um sistema de proteção con- Sobre a Eisenmann A Eisenmann é um fornecedor líder global de soluções industriais para o acabamento de superfícies, automação de movimentação de materiais, engenharia ambiental e tecnologia de processos. A empresa desenvolve e constrói instalações de produção, montagem e logística de extrema flexibilidade e eficiência em termos de energia e recursos. A empresa familiar está sediada no sul da Alemanha e vem assessorando clientes no mundo inteiro há mais de 60 anos. Atualmente, a Eisenmann conta com uma força de trabalho de aproximadamente 3.800 funcionários no mundo inteiro, com filiais na Europa, nas Américas e nos países BRIC. Em 2013, a Eisenmann gerou uma receita anual de 903 milhões de euros, com faturamento total de vendas de 774 milhões de euros, de acordo com o código comercial alemão. tra colisão monitorado por sensores garante a segurança das pessoas e ajuda a evitar choques. O respectivo sistema eletrônico e sensores encontram-se instalados de maneira compacta no módulo principal. Acionamentos e conjuntos hidráulicos realimentam a energia na frenagem e abaixamento. Com um peso inferior a 100 kg e capacidade de carga de aproximadamente uma tonelada, o sistema de transporte não tripulado proporciona uma excelente relação entre o peso próprio e a carga útil. Sua manobrabilidade, seu reduzido espaço necessário e o elevado grau de aproveitamento do solo resultante desses fatores, são parte das características básicas do sistema de transporte de dois patins. Ao mesmo tempo, as exigências quanto à infraestrutura e layout do pavilhão são mínimas, já que apenas é necessário colar os trilhos condutores. A estrutura simples e modular dos patins favorece a rápida eliminação de falhas. Sob condições especiais, como por exemplo em salas limpas ou refrigeradas, em ambientes sujeitos a explosão e em locais com restrição de espaço, a simplicidade dos sistemas de transporte desenvolvidos pela Eisenmann torna as soluções flexíveis e proporciona um extenso campo de aplicação. MW Fotos: Eisenmann www.eisenmann.com CONTEÚDO MULTIMÍDIA Veja como o “Logimover” trabalha em condições reais https://vimeo.com/127144495 02 O “Logimover” também permite ser controlado mediante comando manual f+h Intralogística 23