Views
1 year ago

f+h intralogistica 3/2015 (PT)

  • Text
  • Sistema
  • Sistemas
  • Empresa
  • Produtos
  • Carga
  • Clientes
  • Forma
  • Cliente
  • Guindastes
  • Transporte
f+h intralogistica 3/2015 (PT)

ESTOCAGEM 02 As caixas

ESTOCAGEM 02 As caixas são levantadas com garras a vácuo 03 Três tamanhos diferentes de paletes em uso 04 A centralização no envolvedor de paletes é realizada através de um dispositivo centralizador com dois limitadores um código de barras 2D, onde constam todas as informações necessárias”, explica Björn Bender, gerente do novo depósito central da Alcar. “Os dados são lidos automaticamente ao entrar em contato com o transportador, o palete é identificado e registrado em nosso sistema de gerenciamento de mercadorias como entrada de mercadoria. Tudo é feito com muita rapidez. Se for necessário armazenar mercadorias externas, o software viad@t cria as respectivas etiquetas na entrada das mercadorias.” “Nossos clientes podem adquirir paletes originais com apenas um tipo de rodas, mas também temos paletes com uma mistura de produtos”, informa Bender. “Para isso, precisamos de um sistema de separação de pedidos.” Ali são compiladas não apenas mercadorias para o envio por caminhão, como explica Küfer: “A quantidade mínima para um pedido em nossa empresa é uma roda individual. Essas quantidades mínimas são despachadas através do serviço de encomendas. Um espaço especial foi destinado para embalar esses pedidos.” Durante a separação nas duas estações de trabalho, os funcionários estão posicionados sobre uma plataforma no centro do sistema de transporte. Com auxílio de garras pneumáticas, eles transferem as caixas necessárias dos paletes de armazenagem para os paletes de expedição. A quantidade de caixas a serem retiradas são indicadas através de um sistema “Pick by Light” (Figura 02). As seis linhas do sistema de transporte, sobre as quais estão posicionados os paletes de expedição, são interligadas por um carro de transferência que disponibiliza os paletes vazios e realiza o transporte dos paletes separados. Por motivos de segurança, a o carro de transferência é isolado da área de separação de pedidos através de portas rápidas: “Na hipótese de um funcionário tropeçar e cair, as portas rápidas evitam que ele seja atropelado pelo carro de transferência, cuja velocidade é relativamente rápida”, explica König. Transporte suave graças a acionamentos controlados O sistema de transporte leva os paletes comissionados até um envolvedor automático de paletes, passando por um controle de perfil. “Neste ponto instalamos acionamentos controlados, que proporcionam a aceleração e frenagem suaves dos paletes ainda não embalados, evitando que as caixas caiam dos paletes”, informa König. Paletes vazios chegam da área de comissionamento até as duas empilhadeiras de paletes, onde aguardam para serem usados como paletes de expedição. Se for necessário, as pilhas de paletes também podem ser recolocadas no armazém de prateleiras altas. Na realização do projeto, a viastore precisou levar em consideração os três tipos diferentes de paletes usados pela Alcar – além do Europalete a empresa também usa dois tamanhos diferentes de paletes descartáveis (Figura 03). “Isso se deve aos diferentes tamanhos das rodas”, explica Küfer. “Os diferentes tamanhos de paletes evitam que as rodas estocadas sobressaiam das bordas dos paletes – ou que os paletes sejam grandes demais para as rodas, resultando em desperdício de espaço.” Desta forma, numa prateleira do armazém autoportante podem ser colocados, alternativamente, três paletes grandes ou quatro paletes menores. As diferentes variantes de paletes requerem algumas adaptações na instalação: “Tanto para o controle de perfis como também para o en- volvedor de paletes, a centralização dos paletes não pode ser realizada através de um funil de entrada; foi preciso desenvolvermos uma centralização mecânica com dois limitadores”, explica König. Assim, sensores captam o respectivo tamanho do palete (Figura 04). Os Transelevadores também se adaptam aos diversos tipos de paletes. Dependendo do tipo de palete, tanto o garfo como também o Transelevador completo, sempre estão posicionados de tal forma que o palete é levantado no ponto central. Somente desta forma é possível realizar uma estocagem exata dos paletes nas prateleiras. Somente quando um caminhão chega na área do armazém para retirar mercadoria é que os paletes destinados ao mesmo são disponibilizados. “Temos condições de preparar as mercadorias para três caminhões simultaneamente”, relata Küfer. “Precisamos de apenas 20 minutos para carregar cada caminhão. Ou seja, não é mais como antigamente nos armazéns manuais, onde a mercadoria ficava no caminho durante dias aguardando ser carregada. Hoje em dia, somente fazemos a solicitação das mercadorias a serem separadas quando realmente precisamos delas.” O novo depósito central tornou os processos na Alcar mais rápidos e eficientes. Desta forma, a empresa consegue cumprir os prazos de entrega apertados com muito mais facilidade. Isso também alegra Küfer: “Nossa capacidade de fornecimento melhorou significativamente graças ao sistema totalmente automatizado de armazenagem – isso não só nos beneficia, como também nossos clientes.” Fotos: viastore www.br.viastore.com 34 f+h Intralogística

HÁ QUEM PENSE QUE ERROS DE ENTREGA SÃO INEVITÁVEIS. NÓS PENSAMOS DIFERENTE. A operação eficiente de armazéns e centros de distribuições é o diferencial para satisfação e rentabilidade do cliente. Por isso, muitas marcas líderes de mercado confiam nos sistemas de triagem BEUMER e Crisplant como o coração de sua cadeia de suprimentos. Através de uma visão operacional e analítica, o BEUMER Group fornece sistemas de manuseio de material completamente automatizados que se encaixam perfeitamente no processo de seu negócio. Com velocidade, capacidade e precisão excepcionais, a nossa tecnologia faz toda a diferença para sua marca, seus clientes e seus resultados. Para mais informações, visite www.beumergroup.com