Views
1 year ago

f+h intralogistica 3/2015 (PT)

  • Text
  • Sistema
  • Sistemas
  • Empresa
  • Produtos
  • Carga
  • Clientes
  • Forma
  • Cliente
  • Guindastes
  • Transporte
f+h intralogistica 3/2015 (PT)

ESTOCAGEM Tesouros

ESTOCAGEM Tesouros guardados à prova de fogo A biblioteca British Library guarda mais de 150 milhões de obras impressas diferentes, algumas de valor incalculável. Para guardar estes documentos protegidos com segurança contra fogo, soluções com base em água não são ideais. Para que, em caso de perigo de incêndio, o risco de danos por água ao papel possa ser evitado, o usuário utiliza um sistema de prevenção de incêndios baseado na redução de oxigênio mediante injeção de nitrogênio. Biblioteca Britânica foi inaugurada em A Londres no dia 1 de julho de 1973 e está entre as maiores do mundo em termos de tamanho e acervo. Entre seus tesouros guardados podem ser encontradas obras tão valiosas como a Carta Magna, o caderno de anotações de Leonardo da Vinci e uma das bíblias de Gutenberg. Anualmente são adicionados cerca de três milhões de exemplares. Em função da crescente necessidade de espaço para guardar documentos e obras, o complexo principal de edifícios, localizado no bairro londrino de St. Pancras, foi complementado com a construção do Centro de Armazenagem de Documentos em Boston Spa, West Yorkshire. Ali, atualmente estão guardadas mais de sete milhões de obras em dois edifícios diferentes. Com isso, este depósito é um dos maiores fornecedores de documentos do mundo, abastecendo bibliotecas, museus e exposições em vários países com materiais de exposição. Além disso, ali encontra-se também todo o departamento de empréstimo de documentos, que atua internacionalmente. Em função do valor inestimável das coleções guardadas, a Biblioteca Britânica decidiu confiar na experiência de décadas em proteção contra incêndios da empresa Wagner Group GmbH, sediada em Langenhagen/Alemanha. Sobre o Wagner Group O programa adicional de armazenagem (Additional Storage Program [ASP]) entrou em funcionamento em Boston Spa em dezembro de 2008. A área/volume consiste de dois setores com 35.000 e 50.000 m³. Os tesouros impressos da Grã Bretanha, em parte datados há alguns séculos, estão guardados em estantes de prateleiras de 25 metros de altura, as quais, se somadas, equivalem a mais de 100 km (Figura 01). O destaque do ASP é o sistema totalmente automatizado de estantes altas. Livros, revistas e documentos semelhantes são acondicionados em 140.000 contentores plásticos identificados com código de barras. Apenas as estações de trabalho, onde os livros são guardados ou retirados, são operadas por pessoas. Devido às condições semelhantes a um depósito de mercadorias, os engenheiros de planejamento decidiram por um conceito abrangente de proteção contra incêndios, baseado na prevenção de incêndios mediante redução de oxigênio. Em 2014, visando ampliar ainda mais as capacidades de armazenagem, foi construído, ao custo de 33 milhões de libras esterlinas, o edifício de arquivo de jornais (Newspaper Storage Building [NSB]) disponibilizando uma área/volume de 45.000 m³ A empresa Wagner Group GmbH vem desenvolvendo e produzindo sistemas e tecnologias de proteção contra incêndios desde 1976, firmando-se internacionalmente como parceiro inovador para soluções e sistemas. O grupo Wagner é líder em tecnologia global na área de detecção e prevenção de incêndios e disponibiliza a gama completa de serviços aos seus clientes, desde o planejamento e design até a construção e assistência técnica das instalações. A linha de produtos está baseada em quatro pilares centrais: detecção de incêndios (Titanus), prevenção de incêndios (OxyReduct), extinção de incêndios (FirExting) e gerenciamento de risco (VisuLAN). 36 f+h Intralogística

(Figura 02). Quanto à proteção contra incêndios, neste caso também optou-se pelo sistema de prevenção de incêndios Oxyreduct da Wagner. “Tivemos boas experiências com Oxyreduct, por isso decidimos novamente pela aquisição desse sistema”, explica Patrick Dixon, diretor técnico e de construção da British Library. Semelhante ao ASP, o novo NSB também foi concebido como sistema de estantes altas, operado de forma totalmente automatizada. Os jornais – 664.000 volumes anuais armazenados num total de 32 km de prateleiras – são guardados em fardos sobre bandejas e movimentados com auxílio de empilhadeiras automatizadas dentro do sistema de estantes altas. Neste edifício, a exemplo do ASP, apenas a retirada e o enfardamento são realizados manualmente (Figura 03). 01 O ASP guarda livros, revistas e documentos semelhantes em 140.000 contentores plásticos identificados com códigos de barras Uma imensa extensão de danos apesar de baixo risco de incêndio O risco geral de incêndios é baixo em ambos os depósitos. O papel é material seco e não é auto-inflamável. No entanto, defeitos em equipamentos elétricos podem representar focos de incêndios em ambos os edifícios. Além disso, a construção estreita das estantes contribui para a propagação rápida do fogo até o teto do pavilhão. Isto ocorre porque o ar quente ascendente pode aquecer violentamente os materiais depositados nas prateleiras superiores. Além disso, quantidades mínimas de fuligem e fumaça, assim como calor moderado, já podem danificar documentos ou até destruí-los por completo. O uso de uma solução de combate ao fogo com base em água, como p. ex. um sistema de sprinklers, não é viável, visto que a destruição de livros e revistas causada por água de extinção seria grande demais. Além disso, o fogo já teria que atingir um determinado grau para que esse tipo de sistema seja acionado. Isso significaria a perda de tempo precioso. Estreita cooperação entre a Biblioteca Birtânica e a Wagner O conceito básico para a solução de proteção contra incêndios é a mesma para ambos os depósitos: prevenção ativa de incêndios mediante redução de oxigênio. Através da injeção controlada de nitrogênio, o sistema ativo de prevenção de incêndios Oxyreduct diminui o teor de oxigênio dentro dos setores automatizados de 20,9 percentagem volumétrica para um valor entre 14,8 a 15 percentagem volumétrica. Essa atmosfera com baixo teor de oxigênio tem uma forte ação inibidora de incêndios, porém, os ambientes continuam acessíveis para pessoas, p. ex. para executar serviços de manutenção. Para otimizar tanto a armazenagem como também o sistema de proteção contra incêndios, a temperatura e a umidade relativa do ar são mantidos a um nível constante: No ASP os valores são de 16 °C e 52 por cento de umidade do ar; no NSB os valores estão entre 12 e 14 °C e 35 a 40 por cento de umidade do ar. Porém, no caso do NSB, a Biblioteca Britânica exigiu uma otimização dos custos operacionais em comparação ao ASP. O motivo desta exigência era a nova regulamentação incidente nos custos operacionais em edifícios públicos no Reino Unido. Diferentemente do ASP, o NSB foi adaptado desde o início da construção ao conceito de proteção contra incêndios da Wagner. Assim, a estanqueidade de sala do edifício, bem como o sistema de climatização foram concebidos em conformidade com as especificações da Wagner. Além disso, optou-se por aplicar a tecnologia especialmente eficiente dos sistemas de separação por absorção de vácuo (VPSA) Oxyreduct. Ao contrário dos tradicionais sistemas de membranas, Oxyreduct VPSA consome, sob condições ideais, até 80 por cento menos energia para o abastecimento de nitrogênio. Detectores de fumaça por aspiração Titanus Pro Sens em ambos os depósitos de armazenagem controlam o ar ambiente quanto à presença de partículas de pirólise, para detectar um incêndio com antecedência em sua fase incipiente. No âmbito do sistema de gestão de perigos VisuLAN, os dados de detecção e de prevenção de incêndios são compilados para, se for necessário, tomar as providências cabíveis. Esta combinação oferece a proteção máxima para os tesouros escritos do Reino Unido. Fotos: ASP in Boston Spa, Wagner Group www.wagner.eu/logistics 02 O sistema Oxyreduct-VPSA protege o NSB contra incêndios 03 Depósito totalmente automatizado, retirada e classificação manual f+h Intralogística 37