Views
1 year ago

MDA Tecnologias 3/2015 (PT)

  • Text
  • Sistema
  • Tecnologia
  • Nova
  • Sistemas
  • Tecnologias
  • Controle
  • Filtro
  • Rolamento
  • Produtos
  • Carga
MDA Tecnologias 3/2015 (PT)

03 05 04 para a noite.

03 05 04 para a noite. Temos ainda cerca de 250 km de viagem pela frente, antes de podermos descansar, neste primeiro dia emocionante. Viagens longas como esta, não são raras, é claro, para iglidur on tour; afinal, tantas estações quanto possível devem ser visitadas, cumprindo um horário bastante rigoroso, para passar a idéia da Igus aos entusiastas de tecnologia. „É claro que por vezes, é muito cansativo, especialmente porque temos pouco tempo para chegar ao próximo cliente. No entanto, é também muito divertido, especialmente com a nossa equipa e os respectivos empregados Igus nos países„ , diz Sandor Meierjohann, que acabou de se formar na escola secundária, enquanto dirigimos. É claro que quero saber como é que estes três conseguiram os seus trabalhos: „Eu e o Nils éramos estagiários na Igus, no verão passado. Foi-nos perguntado se poderíamos imaginar-nos fazendo isto. Aceitamos espontaneamente, pois é uma oportunidade única. Precisávamos de um chefe de equipe e de alguém que pudesse cobrir o aspecto técnico. A Igus encontrou um grande membro de equipe na pessoa de Karl„ afirma Sandor. Tipicamente sueco! 07 03 Christian von Koenigsegg (ao centro) se informa pessoalmente a respeito dos componentes Igus 04 Dirk Schaar, editor-chefe da Antriebstechnik, trabalhando 05 É dureza — Karl no ThoraxTrainer 06 Homens trabalhando - Nils, Sandor e Karl, preparam os dados para vídeos e social mídia 07 Encontramos! Nils, Karl e Sandor, na frente da pequena sereia em Copenhague (a partir da esquerda) 06 Quinta-feira, 8 de janeiro de 2015: com a primeira visita do dia pela frente, desta vez com o segundo revendedor autorizado da Igus na Suécia. A OEM Automatic oferece aos seus clientes uma grande variedade de produtos em torno de tecnologia de automação. A empresa de Tranås vende trens de força, e linhas da gama Chainflex, da especialista em plástico de Colónia. Hoje, a equipe em torno de Karl Weinmeister e Ralf Kabus irá apresentar seus produtos, aos gerentes de vendas da OEM Automatic, em vez de aos seus clientes. É uma situação especial. Hoje eles estão esperando aprender mais sobre a própria Igus e sua gama completa de produtos - incluindo mancais de deslizamento. Kabus tem muita coisa para dizer: „Décadas de pesquisa e desenvolvimento, no maior laboratório de testes da indústria de componentes de plástico, para aplicações em movimento, os „motion plastics“ [plásticos em movimento], levaram à produção em série de 45 diferentes materiais iglidur confiáveis, que são usados como mancais de deslizamento na indústria automóvel, atualmente mais de 200 milhões de vezes por ano. Cada outro mancal de deslizamento que vendemos, é instalado nos carros. „As misturas de plástico auto lubrificantes, são caracterizadas por muito baixo atrito e desgaste. Eles são livres de corrosão e de manutenção, e portanto, com uma longa vida. „ Dado que a lubrificação externa com óleos e gorduras não é necessária, os rolamentos não produzem contaminação, e o ambiente está protegido“, diz o chefe da Suécia.

ELEMENTOS DA MÁQUINA A indústria automotiva, também faz parte de nossa próxima parada. Naquela tarde, visitamos o Centro Conceito da Volvo Cars em Goteborg. No caminho até lá, Ralf Kabus insiste em nos apresentar a cozinha sueca. „Raggmunk“, panquecas de batata com bacon e airelas (fruto silvestre), é um prato tradicional sueco. Ou, como diriam em Colônia: Rievkoche met Speck! Na Volvo, tudo tem que acontecer rapidamente. Muitos funcionários já estão esperando para saber mais sobre os plásticos da Alemanha. Para mim, agora é hora de fazer um pouco de trabalho adequado. Afinal de contas, eu queria vivenciar a turnê em todas as suas facetas. Dirigir o carro até às instalações, caminhar para o elevador, criar roll-ups, colocar amostras, não esquecendo as caixas Drytech. Estas, são pequenas caixas, com qualquer número de mancais de deslizamento que estiverem à mão, para o público interessado poder levar. Agora sou um „verdadeiro“ membro da equipe. Enquanto Ralf Kabus e Oliver Cyrus explicam as vantagens dos plásticos Tribo aos produtores automotivos, eu mesmo tenho oportunidade de entrevistar o desenvolvedor chefe da Volvo, juntamente com Karl, para saber mais sobre o desenvolvimento dos veículos concebidos. Este tipo de ótima conversa, também faz parte de uma turnê ao redor do mundo! Cartões de corrida suecos - plásticos alemães. Nosso próximo destino já foi inserido no GPS: Helsingborg. Iremos aí, amanhã de manhã cedo, visitar o ramo Igus. Acima de tudo, iremos entregar um cheque para uma instituição local para pessoas sem-abrigo. Como em todos os países da turnê, um euro é doado a uma instituição de caridade, para cada quilômetro que o carro viaja, e aqui na Suécia também é o caso. Por exemplo, 3 toneladas de arroz foram distribuídas aos refeitórios públicos para as pessoas necessitadas, na Coréia. Desta vez doaremos € 2,355. A visita à Igus Suécia, não é tudo o que temos planejado para esta sexta-feira. Koenigsegg Automotive em Ängelholm e Tetra Pak em Lund são dois clientes especiais esperando por nós: Se você já se sentou em uma „máquina dirigível“ da Koenigsegg, você sabe o que significa ficar apaixonado. Baixo peso, elevada saída do motor e materiais de alta qualidade, são características dos carros de luxo desta empresa familiar, com seus 50 funcionários. Portanto, não é surpreendente que os desenvolvedores tenham mantido, já há muito tempo, um olho nos mancais deslizantes de plástico de alta qualidade, da Igus. O novo Regera que acaba de ser introduzido no Autosalon Genebra, usa mancais deslizantes em sua capa. Até o chefe Christian von Koenigsegg quer obter informações em primeira mão. Tetra Pak, é igualmente um cliente importante para a empresa de Colónia, ao redor do mundo. Mesmo fora da Suécia, quase todas as séries do produto são entregues ao fabricante de embalagens de alimentos. Ele conta com os plásticos Igus, para o desenvolvimento de suas próprias máquinas de bebidas e embalagens. Laranja, amigo do animal em Småland Helsingborg, no sul da Suécia, será o lugar a partir de onde começamos nosso passeio no sábado. Uma vez que ninguém trabalha nas fábricas aqui, nos fins de semana, podemos nos concentrar inteiramente no passeio, e em alguns destaques. E não apenas isso: O filme Suécia-tour precisa ser rodado. E o que é melhor para isso, do que um safari do alce? Markaryd é uma pequena aldeia na província de Smaland. Há aqui um grande recinto, pelo qual você pode dirigir seu próprio carro, observando alces e bisões. Aí vamos nós, para ver se os animais também gostam de carros laranja. Na verdade, os primeiros alces logo se dirigem para o nosso carro, metendo suas cabeças através das janelas. Primeiro, eu os atraí com uma grande cenoura. E funcionou. O primeiro alce tira o legume da minha mão. Será que eles também estão interessados na caixa laranja Drytech? Eles estão, sim - embora o alce apenas sinta o cheiro por um breve instante, antes de perder o interesse. Ele não parece estar muito interessado em tecnologia de alta qualidade. Após duas rodadas, através do recinto, já filmamos o suficiente. Todos os alces e bisões foram vistos e alimentados, e estamos bastante fartos da chuva permanente que entretanto começou a cair. Em todo o caso, nosso „amigo laranja dos animais“ passou o seu teste do alce! Hej då Sverige – Adeus Suécia Chega a hora de nos despedirmos da Suécia. À noite, atravessamos a ponte de Oresund sob rajadas de tempestade de vento, após nosso jantar em Malmö, e passamos a fronteira para a Dinamarca 8 km depois. O domingo é inteiramente devotado à capital dinamarquesa de Copenhague - com passeios turísticos, e gravações do vídeo. E, é claro, a pequena sereia é parte disso. Teríamos gostado de tirar uma foto do carro Iglidur com o símbolo de Copenhague, mas a circulação de veículos não é permitida aí. A caixa Dry-tech teve que aparecer de novo - mas também é um bom retrato. No entanto, Copenhage tem muito mais para oferecer: o Palácio, o parque temático Tivoli, e o novo porto, com seus confortáveis restaurantes. O belo dia de sol termina com um concerto de jazz da cantora Nancy Harms. „Deslizando“ pela pista de esqui cross-country Começou o último dia da turnê. Depois de uma conferência de imprensa aos colegas dinamarqueses, em um hotel em Copenhague, visitamos outro cliente Igus: ThoraxTrainer em Kokkedal, a norte de Copenhague. O ThoraxTrainer é um dispositivo de esporte e fitness, que treina todos os músculos do corpo ao mesmo tempo. Ele pode ser usado para fitness, reabilitação e treinamento. Em particular, os profissionais de esqui cross-country, e de biathlon, usam-no para manter a forma. Os anteriores trilhos deslizantes para os bastões de esqui, foram recentemente substituídos por produtos e materiais da Igus. Sentimos a diferença? Nils e Karl querem ter a certeza. Eles exercem muita força sobre a “pista de esqui cross-country”, até ao máximo das suas capacidades. E realmente: em comparação direta, os carris da Igus são muito melhores. Posso concluir pessoalmente. O Treinador de ThoraxTrainer garante: “ a troca foi um sucesso total!” É chegada a hora de me despedir. Durante uma semana, eu tive permissão para fazer parte da Iglidur on Tour, e de seguir, quase cada passo, ajudar, vivenciar pura tecnologia, e estudar as necessidades dos clientes. Claro que é difícil deixar Karl, Sandor, Nils, e o carro iglidur, seguirem através da Europa. Foi bom demais! Uma coisa é certa: vamos nos encontrar novamente! Todos eles vão estar de volta para a feira de Hanover. Essa, será também uma oportunidade para ver os mancais de deslizamento instalados no original. “Os mancais serão removidos novamente após a turnê, e exibidos em Hanover. Tenho certeza de que eles irão estar, tal como no dia um, mesmo depois de percorridos 100,000 km, “garante Karl Weinmeister. Isso sigmifica que eles não só passaram no teste do alce, mas também atingiram a grande meta da campanhade aniversário. www.igus.com About Nome da empresa: Igus GmbH Estabelecida em: 1964 Sede: Colônia, Alemanha Volume de negócios: € 427 milhões Empregados: 2,400 em todo o mundo Produtos: plásticos de movimento, componentes de plástico para aplicações móveis: sistemas de cadeias energéticas, cabos, rolamentos de polímero, rolamentos lineares, automação de baixo custo MDA Tecnologias 25